sexta-feira, 26 de maio de 2017

Receitas de Sopas para o Inverno


friozinho deu as caras e, junto com ele, aquela vontade de comer alguma coisa quentinha e gostosa. Para te ajudar a não perder o foco, manter a dieta e ainda saciar esse desejo, separamos duas receitas de sopa, que podem ser ingeridos sem culpa (mas com moderação, claro).


SOPA FIT DE FRANGO COM BATATA DOCE

 
Ingredientes:
1 colher de sopa de azeite extra virgem
1 batata doce cozida
Frango cozido desfiado
Creme de leite light
1 cebola pequena ralada
1 dente de alho amassado
Cebolinha
Coentro
Milho verde
Sal a gosto

Modo de Preparo:
Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho, a cebola, o coentro e a cebolinha. Bata a batata doce no liquidificador com um pouco de água e junte ao refogado. Adicione o frango desfiado, o creme de leite, o milho verde e o sal. Decore com a cebolinha e um pouco de milho.



SOPA DE LEGUMES COM CARNE


Ingredientes:
½ abóbora descascada
½ cenoura pequena
½ beterraba pequena
2 cubos de chuchu
2 cubos berinjela
2 cubos abobrinha
2 pedaços de carne magra sem gordura
Cebola
Folhas de louro
1 dente de alho
Cheiro verde
Sal
Azeite extra virgem

Modo de Preparo:
Na panela de pressão, coloque um fio de azeite e doure o alho com sal e a cebola. Adicione a carne, os legumes, o louro e o cheiro verde. Coloque água até o nível que cubra os ingredientes e tampe a panela. Depois de pegar pressão, deixe ferver por 10 minutos. Deixe esfriar um pouco, retire as folhas de louro e bata tudo no liquidificador.


Com essas sopas é fácil ficar quentinho, comer coisa gostosa e sem culpa na consciência. Se você tiver alguma receita boa, compartilha com a gente lá na nossa página no Facebook...vamos adorar!


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Alongamento: mitos e verdades



Durante muito tempo, o alongamento fez parte de qualquer início de atividade física. Diziam que ele ajudava na prevenção de lesões e que melhorava o desempenho durante o treinamento. Hoje em dia alguns praticantes já perceberam que o alongamento não traz tantos benefícios assim e que pode, muitas vezes, atrapalhar, então viemos desvendar os mitos e verdades sobre essa prática.


Afinal, o alongamento antes do treino previne lesões?

MITO. O alongamento pode até mesmo causar uma lesão.

Durante os movimentos do alongamento, você força o músculo, esticando suas fibras. Ele é um exercício que visa dar elasticidade e aumentar a amplitude do movimento muscular. Essa prática pode causar estresse no músculo, então ao combinar o alongamento com um treino de hipertrofia ou aeróbico, você intensifica ainda mais esse estresse muscular e isso pode acabar até mesmo desencadeando uma lesão.

A melhor forma de começar o seu treino é fazendo um aquecimento, que pode ser realizado com uma série do seu primeiro exercício, utilizando uma carga inferior à que você está acostumado ou com um exercício aeróbico.


Então os alongamentos não trazem nenhum benefício e devo bani-los da minha rotina?

MITO. O alongamento não é prejudicial quando praticado no momento certo.

Para aproveitar os benefícios dessa prática, as sessões de alongamento devem ser realizadas em um momento distante do seu treino, ou em dias alternados. Dessa forma você consegue sim um auxílio maior na prevenção de lesões crônicas, além de uma maior amplitude de movimentos, melhor elasticidade e mais segurança durante o treino.


Com essas dicas, você pode alongar e treinar mais tranquilo (mas em momentos separados, ok?). Se você gostar muito de praticar um alongamento antes do treino, prefira algo bem leve, que não force a sua musculatura.

O Pilates também é uma ótima opção para quem é fã dos benefícios dessa prática e é realizado de uma forma mais segura, com o acompanhamento de um profissional para te auxiliar.

Se você ainda tiver alguma dúvida sobre alongamento, aquecimento, ou sobre as aulas de Pilates, pode mandar lá na nossa página no Facebook.


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Você Sabia? Exercícios Físicos Melhoram o Humor



Que praticar atividade física gera benefícios estéticos e para a saúde, todo mundo já sabe. Mas você sabia que os exercícios físicos também ajudam a melhorar o humor no trabalho e diminuir a probabilidade de desenvolver depressão? 😱

Cientistas da Universidade de Tel Aviv, em Israel, realizaram uma pesquisa avaliando os estados pessoais, profissionais e psicológicos de 1.632 israelenses saudáveis. A pesquisa durou 9 anos, e os participantes foram observados durante todo esse tempo divididos em 4 grupos: um que não se exercitava, um segundo que realizava exercícios de 75 a 150 minutos por semana, outro que praticava de 150 a 240 minutos e o último, que se exercitava por mais de 240 minutos por semana.

Os resultados demonstraram que, quanto mais você se exercita, menos chance de ter algum desses problemas você tem. A equipe que praticava mais exercícios por semana, exibiu praticamente nenhum sintoma e, a que optou por fazer 150 minutos, apresentou melhora na autoestima e na capacidade de trabalho*.

O importante é não ficar parado e adicionar os exercícios físicos na sua rotina, sejam eles quais forem. Escolha uma atividade que te proporcione prazer e mantenha o foco! Garantimos que você vai amar os resultados😍

*Dados do jornal Daily Mail.



sexta-feira, 5 de maio de 2017

Playlist dos Gigantes - Maio


A playlist do mês de maio chegou com tudo, para dar um gás power nos seus treinos. Com o friozinho chegando, aquela preguiça começa a querer se instalar, mas com essa seleção de músicas ela vai sair correndo. A intenção é focar nos seus objetivos e não desanimar! ▶ 🎧

Tem a música pancada do Slipknot, Psychosocial, perfeita para manter o nível no alto durante o treinamento funcional. 🏋

A música Told You So, do Paramore, é ótima para o agachamento e Slow Hands, do Niall Horan é para dar o ritmo na extensão de pernas logo depois. 🔝


Para ajudar a dar aquele último pump no treino de bíceps, tem Thunder, do Imagine Dragons e Can’t Stop The Feeling, do Justin Timberlake auxilia nos tríceps.

O cardio fica por conta dos brasileiros com as músicas Cheguei, da Ludmilla e Acordando o Prédio, do Luan Santana em nova versão. 🏃🏃


Depois do treino, passa na nossa página no Facebook e conta o que achou. Se ficou faltando a sua preferida, comenta lá que adicionamos na lista para você. E muito foco para todo mundo! 💪


quarta-feira, 12 de abril de 2017

Playlist dos Gigantes - Abril



Ela chegou!! 🎉🎉 A playlist desse mês vem recheada de músicas para você aproveitar os treinos e também se divertir nesse abril cheio de feriados prolongados. 🎧


Tem a música nova da Shakira, Me Enamoré, perfeita para o treino de pernas e também para arrasar na festa com os amigos. 👯

Tem o sucesso Largadinho, da Claudia Leitte, que anima naquele cardio 🏃e ainda pode tocar na festa com a família. Vai fazer todo mundo agitar! 

A música Echo, do Madden é perfeita para o intervalo entre as séries e para dar o ritmo dos treinos de membros superiores. 🏋


Ainda tem muitos outros sucessos para todas as etapas do treino e para ouvir com toda a galera nos feriados. Se você não achou a sua preferida é só comentar lá na nossa página no Facebook que adicionamos ela para você! Bora agitar esse abril!


quarta-feira, 29 de março de 2017

Entenda o Treinamento Funcional



Todo mundo já ouviu falar sobre o Treinamento Funcional ou conhece alguém que pratica, mas a maioria não sabe como o método funciona e para quem é indicado. Por ter se tornado bastante popular nos últimos tempos, resolvemos te ajudar a tirar todas as dúvidas.


QUAIS OS BENEFÍCIOS?
Por exigir uma maior complexidade do movimento e outras capacidades físicas, o organismo tem um gasto energético muito maior, além de ajudar na flexibilidade, na coordenação motora, no ganho de equilíbrio e o condicionamento cardiorrespiratório.

É um método que ajuda a prevenir lesões, melhora o sistema cardiovascular, auxilia na redução do percentual de gordura, emagrecimento e definição muscular.

Um dos princípios do treinamento funcional é o fortalecimento do core (centro de força do corpo), que inclui os músculos do abdômen, dos quadris e da região lombar e é responsável por estabilizar a coluna vertebral.


COMO FUNCIONA?
O treinamento funcional é realizado em forma de circuito, com vários exercícios diferentes e sucessivos. Em alguns deles, a carga de trabalho é exercida pelo próprio peso do corpo. Em outros, pode ser realizado com acessórios e equipamentos específicos, como bola, corda, corda naval, cones, elástico, pneus, escada de agilidade, entre outros. Sendo assim, o professor monta uma sequência com esses exercícios e o aluno vai passando por cada estação.


PARA QUEM É INDICADO?
Pessoas que já praticam outros exercícios físicos, se adaptarão melhor a esse tipo de treino, mas isso não quer dizer que se você nunca treinou, não pode realizar essa atividade. Independentemente do nível de condicionamento físico, a perda calórica será em média de 800 calorias em uma hora de funcional.


TREINAMENTO FUNCIONAL x MUSCULAÇÃO
O ideal é a união das duas práticas. Ambas vão melhorar sua qualidade de vida, porém na musculação o foco é na força, e o funcional auxilia nas outras capacidades físicas, como agilidade, velocidade, resistência, etc. Se você busca volume muscular, precisará focar também na musculação, pois só ela te dará esse resultado. O aluno que alia o treinamento funcional com a sua rotina de musculação, terá só ganhos (como o gasto energético) e ainda trabalhará outras capacidades.


Ficou com alguma dúvida ainda? Deixe sua pergunta lá na nossa Fanpage que te ajudamos!



sexta-feira, 10 de março de 2017

Saiba tudo sobre o método SST


O método SST de treinamento vem se tornando cada vez mais popular entre os atletas e praticantes de musculação que visam a hipertrofia. Foi criado pelo treinador Patrick Tuor, que ministrará nos dias 25 e 26 de março, em Porto Alegre, um curso teórico e prático para profissionais, atletas e entusiastas da área.


O QUE É?
O SST (Sarcoplasma Stimulating Training) é um método de treinamento que envolve técnicas de treinamento bem conhecidas, como o Rest-Pause, os Drop Sets e até mesmo séries superlentas. O objetivo principal é fadigar o músculo ao ponto de não conseguir mais movimentá-lo. Como essa exaustão ocorre de maneira intensa, o treino não deve durar mais do que 30/40 minutos.
O SST visa à hipertrofia máxima, utilizando meios sarcoplasmáticos, aumentando o conteúdo nas fibras musculares, além de líquidos e outros compostos que auxiliam no volume da fibra muscular.


COMO FUNCIONA?
O Sistema SST funciona com a realização de um exercício com carga suficiente para que você execute em torno de 8 repetições. Após esse número, você deverá realizar uma pausa de 10 a 15 segundos e novamente realizar quantas repetições for capaz com aquela mesma carga. Chegando à falha muscular, o processo é realizado novamente e assim sucessivamente, até que você consiga realizar apenas uma repetição. Depois disso, você diminui a carga em 20% e realiza o mesmo processo. O total de vezes em que esse ciclo é realizado não passará de três vezes.


PARA QUEM É INDICADO?
É indicado para pessoas que já treinam há algum tempo, por ser um método intenso, que envolve uma necessidade nutricional específica e um bom equilíbrio de descanso.


Se interessou pelo assunto? Participe do curso com o treinador Patrick Tuor. Os ingressos podem ser adquiridos pessoalmente ou on-line.

Data: 25 e 25 de março.
Local: AMRIGS e CT Olympus – Porto Alegre.
Para mais informações, entre em contato conosco:
CT Olympus (51)3574-9974 / (51)99146-9445 (Whatsapp)